02/01/2018

Motociclista ou Motoqueiro?

 

De acordo com o dicionário da língua portuguesa:
mo.to.ci.clis.ta – s m+f (moto5+ciclo2+ista) Pessoa que conduz uma motocicleta.

Trocando em miúdos, o rótulo MOTOQUEIRO foi criado entre os motociclistas para distinguir suas atitudes e através disso as pessoas não os confundirem com os que praticam atitudes que estão longe da filosofia do motociclismo.
O motociclista comporta-se com cordialidade, responsabilidade e respeitando as leis de trânsito. Usa sua máquina na maioria das vezes para viajar e durante a viagem não anda com velocidade alta, respeita os limites das estradas e segue respeitando também seu estilo de vida horando a irmandade.

O motoqueiro geralmente usa sua motocicleta para trabalhar, o que pela correria do dia-a-dia anda com muita pressa e imprudência. Há aqueles que modificam suas motos, usam canos ensurdecedores, provocam motoristas e motociclistas no trânsito, não respeitam nada, nem mesmo suas vidas!

Não podemos generalizar, até pq conheço motoqueiros que são mais motociclistas do que alguns que se dizem motociclistas, falo da grande maioria.

O fato é que vejo cada vez mais pessoas chateadas pq chegam em determinados lugares e alguém que não faz parte do meio e muito menos tem a obrigação de distinguir motociclista x motoqueiro por não conhecer bem o nosso estilo de vida, sendo hostilizadas, como em uma missa de 7º dia de um amigo motociclista que perdemos a algum tempo, onde o padre agradecia a presença dos "Motoqueiros", e um "Motociclista" grita na porta da igreja: "MOTOCICLISTAAAAAAA!", e só faltou dizer a tão conhecida frase entre nós: "Motoqueiro é a pqp!", creio que não o fez por se tratar de uma igreja.

O pobre do padre muito educado, porém constrangido, nos chamou à frente para fazer uma oração e aproveitou para pedir desculpas e dizer que não sabia a diferença, o que pedi desculpas em nome dos presentes e falei que realmente ele não tinha obrigação de saber. Muitas pessoas não sabem e se não vivem em nosso meio não tem como saber mesmo. Cabe a nós o discernimento e a educação para esclarecermos às pessoas essa diferença.

Acho que basta apenas dizer: "No motociclismo existe uma diferença...(explica-se a diferença) e por isso não gostamos quando nos chamam de motoqueiros". Além de vc ensinar a diferença, que certamente essa pessoa passará adiante, vc não vai ser grosso pela falta de conhecimento de ninguém!

Somos motociclistas e temos que honrar nossas cores, nosso estilo de vida e defendê-lo, porém com educação suficiente para que as pessoas leigas no assunto possam realmente sentir essa diferença, que começa no nosso tom de voz, com a nossa simpatia e principalmente pelo respeito a quem nos admira e admira nosso estilo de vida.

Quando respondemos chateados e indignados, apenas somos meros "Motoqueiros", e aí qual é a diferença mesmo?

Por Sandra Oliveira - pelo Facebook.

 

 


Publicidade:

14º Triunfo Moto Fest